em 

TODO O SITE  

toda lua

06.07.17

 #luana carvalho



Foi em uma tarde de sexta-feira que ela abriu as portas de casa, no Jardim Botânico - Rj, pra gente. Lá tinha ela, os dois gatos, uma janela bonita e um papo bom pra mais de um dia inteiro. A Luana é uma história longa - ou um quarto que faz a gente querer morar dentro - e não é de hoje que a gente tem os olhos nela. E aí, depois de um mergulho na literatura, eis que ela surge com um baita presente: dois albuns de composições próprias - Sul e Branco. Na verdade, não assim, de repente.

O papo começa por aí....



A cadência tá na genética. A Luana é filha da Beth Carvalho, um dos nomes mais respeitados do samba. E, crescida nesse universo - de gente grande - amadureceu a carreira olhando pra dentro e respeitando o próprio tempo em relação à excelência: "Não tocar um violão como um Yamandu Costa não quer dizer que não toco um violão também!". 

Mas toca -  e canta, e escreve, e tem um jeito certeiro de quem faz esse tanto e ainda sobra tempo - meio na contramão do mundo que respira ofegante e reclama da escassez de tudo, sabe? Mas sem essa de trazer um ar sobrehumano. Luana é gente fina e traz esse passo acertado em pés descalços, cara limpa e cabelo preso num coque alto desarrumado, sem muita pretensão. 



Na literatura, nasceram a Casa Cais, espaço que a Lu idealizou e que reúne, principalmente na FLIP, intelectuais e acadêmicos da língua portuguesa, além do site - uma plataforma digital - de mesmo nome. 
 

E na música, duplamente vieram Sul e Branco, lançados em plataformas digitais e produzidos e trabalhados por um time de peso, como Moreno Veloso, Domenico Lancellotti, Pedro Sá e Alberto Continentino. Branco foi feito primeiro e Sul, embora composto depois, foi lançado à frente de Branco - quando Branco ainda estava no processo burocrático de publicação. 

Os dois têm uma linha que os interligam, mas falam de momentos diferentes. Branco é para fora, Sul é para dentro. A gente indica os dois. Clica aqui pra ouvir! 



E, claro, pra assistir pessoalmente, a gente tem as boas: hoje rola show da Luana no SESC Pompeia - SP, a partir das 21 (passa aqui pra garantir seu ingresso) e amanhã no SESC Sâo José dos Campos. 

Vamos? 
TOPO

aperta o play

inativa