em 

TODO O SITE  

à francesa

16.03.17

 #outono inverno 2018 #semana de moda de paris

Quando a temporada de moda cai assim, bem no meio do carnaval, a gente fica meio perdidx, mas foi só a serpentina acentar no chão e na alma que fomos correndo conferir o que rolou nas passarelas francesas durante a semana de moda.

E o que poderia ser mais simbólico pra moda parisiense do que um desfile que acontece sob o teto do maior templo de arte do mundo, o Louvre? Pois foi esse o feito de Nicolas Ghesquière, que mostrou a sua infalível assinatura na Louis Vuitton em peças urbanas, sem muitas invencionices, mas cheias do charme-aparentemente-sem-esforço francês.

Outra marca que há anos reinventa possibilidades de mostrar o famoso 'je ne sais quoi' francês, a Céline representou mais uma vez a ladyboss em peças poderosas, mas com cortes simples e puros. 

Mas nem só de franceses vive a Semana de Moda de Paris. A capital francesa aplaudiu mais um desfile solo de Pierpaolo Piccioli à frente da Valentino, seguindo o que apresentou na coleção de alta-costura: vestidos idílicos em cores perfeitas, com perfume de um novo romantismo impossível de resistir.

Outro gringo que chegou pra ficar, o georgiano Demna Gvasalia está revolucionando não só a Balenciaga, mas todo o mercado de moda com suas peças esquisitas, em novas formas e maneiras, além de uma cartela de cores muito pessoal!

E a Dior, nas mãos de Maria Grazia Chiuri, segue encantada pelo espírito feminista, trazendo pra passarela uma visão romântica de militantes, todas de boinas e roupas escuras...

Mas sem perder o "allure", jamais!


TOPO

aperta o play

inativa